top of page

Simples Novidades

Gosto de novidade. Das boas, bem entendido. Não precisa nem ser aquelas ótimas, espetaculares. As simplesinhas já provocam aquela sensação de movimento que me faz tão bem. É como quando entramos no carro, com a janela aberta, e assim que ele se põe a andar percebemos o vento no rosto. Inicialmente fraquinho, depois cada vez mais forte, conforme a velocidade do deslocamento aumenta, mas em todos os casos, prazeroso.

Qualquer novidade, adquirir algo para a casa, mudar o visual, trocar os móveis de lugar, pedir uma muda de planta para a vizinha, iniciar uma atividade física regular, mesmo que uma prosaica caminhada, iniciar uma leitura, um estudo, podem ser o estímulo para vencer a inércia, o impulso inicial a partir do qual conseguimos nos colocar em movimento. E mesmo que o sentido e o objetivo não estejam claros, o movimento nos coloca em contato com oportunidades, pois elas dificilmente batem à nossa porta, precisamos buscá-las. Sabe aquela citação “uma longa caminhada começa com o primeiro passo”? Pois esse é o ponto. Dar um passo. Mesmo que este esteja muito distante do nosso objetivo – se preciso de um emprego, como plantar uma muda vai me ajudar?! Ajuda sim, melhorando a sua disposição interna, produzindo uma pequena satisfação se você gosta de colocar a mão na terra, melhorando o seu humor, a sua fisionomia, renovando o otimismo. Ficar parado lamentando a sorte é que não irá produzir nada positivo.

Comumente nos acostumamos com o que temos de bom, nossa saúde, nossos bens, nossas atividades, e ficamos à espera do excepcional e do surpreendente para ficarmos animados, alguma coisa marcante que possamos colocar orgulhosamente na lista das conquistas. E as conquistas vêm, claro, dependendo do esforço, dedicação e do tempo necessário. E como são empolgantes quando acontecem! Nos fazem sentir fortes, capazes, cheios de energia, praticamente invencíveis. E então o tempo passa e elas já nem nos parecem tão empolgantes assim. Queremos outra e esta igualmente demandará esforço, dedicação e tempo. E o que fazer durante esse tempo de espera? Providenciar novidades simples que têm também a capacidade de alegrar nosso dia a dia é uma ideia.

Comecei o ano mudando as cores e o layout do site, enfeitei a sacada com uma nova planta - transplantei o pinheiro de natal, na esperança de que ele permaneça verde até o próximo dezembro -, iniciei a primeira leitura do ano e estou ensaiando um novo corte de cabelo. Gosto de novidade, das simplesinhas mesmo. E já estou planejando as próximas!

Comments


bottom of page